sábado, 5 de dezembro de 2015

488 vagas: Abertas as incrições para o Curso de Formação de Cabos da PM

Solenidade de anúncio de abertura do curso reuniu autoridades na Praça do Rádio. (Foto: Jeozadaque Garcia)

Solenidade de anúncio de abertura do curso reuniu autoridades na Praça do Rádio. (Foto: Jeozadaque Garcia)

Foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (4) o edital de abertura do CFC (Curso de Formação de Cabos) da Polícia Militar, que disponibilizará 488 vagas para os soldados da corporação. As inscrições serão realizadas até o próximo dia 7 de dezembro no site da Polícia Militar (www.pm.ms.gov.br).

O anúncio da abertura foi feito na última quarta-feira, durante solenidade de lançamento do policiamento de final de ano, em Campo Grande. A abertura do curso foi um pedido feito pela ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) em consenso com o Comando Geral da corporação.

“Vamos formar esses novos policiais como cabos para servirem nossa polícia e oportunizar a ascensão deles. Essas pessoas há muito tempo aguardam essa oportunidade. A segurança pública só vai ser efetiva quando todas as forças trabalharem integradas com o objetivo de atender a população”, discursou Reinaldo, que, em seguida, assinou o decreto autorizando a abertura do curso.

O presidente da ACS, que participou da solenidade, fez questão de agradecer o governador e o secretário de Justiça e Segurança Pública, Silvio César Maluf. “É um pleito antigo desses soldados. O governador está fazendo justiça com a abertura dessas novas vagas”, disse.

Policial que impediu assalto é elogiado por comando


O policial que entrou em luta corporal com um assaltante que no ocorrido acabou por ser atingido com um disparo da própria armautilizada para a ação será avaliado por uma junta de psicólogos em Campo Grande. De acordo com o comandante Carlos Silva, o policial está bem e seguirá para essa análise por ser um procedimento comum com profissionais da área que passam por situações de alto stress como a ocorrida.

“Ele está bem, não está feliz com o que aconteceu e sim por estar vivo. Está ciente que agiu de maneira correta na situação e será avaliado o que é algo normal diante de acontecimentos como esse”, citou o comandante.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Compromisso firmado com a ACS em documento, projeto de fixação de efetivo já tramita na AL


Proposta de fixação do efetivo já tramita na Assembleia Legislativa. (Foto: Reprodução)

Compromisso firmado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) com a ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) em uma Carta de Compromisso (confira abaixo), o projeto de lei que trata da fixação de efetivo da Polícia Militar já tramita na Assembleia Legislativa. A proposta, de autoria do Poder Executivo, pode ir a votação já na próxima semana.

“Não há motivos para alarde. A fixação faz parte da Carta Compromisso em que nós extraímos do governador um compromisso firmado em papel. Que eu me lembre, o primeiro chefe do Executivo que firmou um compromisso assim nos últimos anos. A fixação chega e será devidamente apreciada, para que em dezembro aqueles beneficiados pelas promoções já ocupem as novas vagas”, disse Edmar Soares da Silva, presidente da entidade.

Fixação do efetivo foi compromisso firmado com a ACS. (Foto: Reprodução)

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Edmar se reúne com Riedel, que promete posição do Governo até a véspera da assembleia geral

O secretário de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, prometeu uma nova posição sobre o reajuste salarial até o dia 29, véspera da assembleia geral dos militares. Ele se reuniu na manhã desta quarta-feira (20) com o presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, e garantiu que vai analisar a política de valorização proposta pela categoria.

“Reajuste zero, como já foi proposto, a tropa não aceita. O ideal é uma política salarial até 2018 que, pelo secretário, foi bem aceita”, disse Edmar.

Segundo ele, Riedel analisará uma série de propostas e, até o dia 29 deste mês, uma sexta-feira, dará uma proposta que será levada para a categoria em assembleia marcada para o dia 30, às 9h, na sede da Fetems.

“A equipe do Governo se comprometeu em definir algum rumo, alguma solução. Até o dia 29, ele nos chama para passar alguma coisa, que será analisada em assembleia. A tropa é quem decide. Enquanto as portas estiverem abertas, vamos dialogar”, finalizou Edmar.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS


quinta-feira, 5 de março de 2015

Diretoria da ACS se reúne com alunos do CFSD da PM, em Dourados



Edmar e Aparecido conversam com alunos em Dourados. (Foto: Divulgação)

O presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, se reuniu, nesta quarta-feira (4), com aproximadamente 120 alunos do Curso de Formação de Soldados da PM, na cidade de Dourados. O diretor Regional da cidade, Aparecido Lima, também participou do evento realizado no Sesi.

Na ocasião, Edmar falou aos alunos sobre a entidade e as lutas desencadeadas para defender os interesses da classe. Destacou, também, o reajuste histórico conseguido após o aquartelamento de 2013, que garantiu ao soldado em início de carreira, no período de um ano e sete meses, aumento de 43% em seus vencimentos.

Edmar também se reuniu com o comandante do Batalhão local, coronel Carlos Silva, onde falou sobre as lutas da entidade e a defesa dos praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Militares ativos e inativos terão de 2 a 31 de março para atualizar dados cadastrais

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização vai iniciar em março, o processo de atualização cadastral dos servidores públicos de Mato Grosso do Sul. O programa de atualização abrange civis e militares ativos e inativos, aposentados e pensionistas da administração direta e indireta, incluindo servidores cedidos, em licença ou em afastamento.

​De acordo com a resolução nº. 52/2015, publicado na edição desta sexta-feira (20), no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul, o servidores terão de 02 a 31 de março para atualizar e validar seus dados cadastrais através do portal do servidor. Hoje o Governo realiza cerca de 60 mil pagamentos/mês.

PEC 300: A chama da esperança está acesa

Militares se reuniram com Daciolo em Brasília (DF). (Foto: Divulgação/ABSS)

Lideranças de todo o Brasil se reuniram, no mês de fevereiro, na cidade de Brasília (DF), onde deram novo impulso na luta pela PEC 300, proposta de emenda à constituição que, se aprovada, estabelece um piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares. Em primeira votação, ela já foi aprovada na Câmara dos Deputados, mas, desde então, segue emperrada no Congresso Nacional por pressão de políticos governistas.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Com déficit de 400 policiais, Dourados terá reforço de 80 militares


Polícia Militar em Dourados ganha reforço com 80 soldados na área central da cidade. (Foto: Hédio Fazan)

Com um déficit de 408 policiais militares, segundo dados da Associação de Cabos e Soldados da PM e da BM de MS (ACSPM), a cidade de Dourados recebe reforço de apenas 80 alunos que estão em formação. Eles fazem parte de um total de 130 formandos, sendo que, destes, 50 serão destinados para as cidades de Maracaju e Fátima do Sul. No centro de Dourados, 65 deles reforçam a segurança do comércio de fim de ano, que está funcionando em horário especial, até às 22h.

Deputados recuam e projeto que extingue 10% de gratificação não avança; ACS mantém ‘vigilância’

Presidente da ACS, Edmar se posicionou contra a alteração na legislação. (Foto: Divulgação/ALMS)

O projeto de lei que prevê o fim dos 10% de acréscimo no salário para motoristas de viaturas e comandantes de guarnições não avançou, na sessão desta quarta-feira (17) da Assembleia Legislativa, mas ainda não foi apreciado pelos deputados. Por isso, o presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, disse que vai manter vigilância para barrar a proposta.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Para ascender praças, ACS quer mais vagas no CFO do Corpo de Bombeiros

Edmar se reuniu com praças aprovados no concurso para oficiais dos bombeiros. (Foto: Jeozadaque Garcia)
Edmar se reuniu com praças aprovados no concurso para oficiais dos bombeiros. (Foto: Jeozadaque Garcia)

O presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, se reunirá, na manhã desta sexta-feira (5), com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Ociel Ortiz Elias, para buscar um aumento no número de vagas no CFO (Curso de Formação de Oficiais).

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Diretoria da ACS repudia ato de comandante e orienta praças que sofrerem constrangimento

Diretoria da ACS se reuniu nesta terça-feira. (Foto: Jeozadaque Garcia)

A diretoria da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) repudiou, durante reunião na tarde desta terça-feira (02), a atitude do capitão José Roberto de Souza, comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de Bataguassu, que teria agido com abuso de autoridade ao mandar prender um soldado no último dia 21. O caso foi denunciado pelo site TL Notícias e ganhou enorme repercussão no Estado.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Novos reajustes dos servidores militares de MS já estão em vigor


Entrou em vigor, nesta segunda-feira (1º), o novo reajuste salarial dos servidores militares sul-mato-grossenses. Agora, com um aumento que chega a 18% para soldados em início de carreira, o salário inicial para ingresso na carreira de praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros é de R$ 3.055,49.

domingo, 16 de novembro de 2014

Governo abre licitação para compra de coturnos e uniformes para PM e bombeiros



Investimento passa de R$ 1 milhão. Quase 8 mil itens serão adquiridos. (Foto: Jeozadaque Garcia)

Investimento passa de R$ 1 milhão. Quase 8 mil itens serão adquiridos. (Foto: Jeozadaque Garcia)
A Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) abriu licitação, na modalidade
 pregão, para aquisição de coturnos, sapatos, tênis, uniformes e botas para Polícia Militar e 
Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul. O aviso do certame foi publicado no Diário 
Oficial do Estado do último dia 12.

Diárias do ENEM: ACS solicita Plano de Trabalho firmado entre Inep e Sejusp

A ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) solicitou à Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), por meio de ofício, cópia do Plano de Trabalho que faz parte do convênio firmado entre a pasta e o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O objetivo é saber a destinação dos recursos federais repassados à Secretaria, já que não houve pagamento de diárias aos policiais militares empenhados na segurança do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), aplicado no último final de semana.

O documento, assinado pelo presidente da ACS, Edmar Soares da Silva, destaca o fato de policiais terem sido escalados para o trabalho mesmo durante o período de folga. “Não receberam nenhuma compensação financeira pelo trabalho extra”, afirmou. Edmar ainda citou a promessa do titular da Sejusp, Wantuir Jacini, que afirmou, ainda no ano passado, que “em 2014 seria diferente, e, caso não houvesse condições de pagar pelo serviço extra, que então não seria empregada a tropa em seu horário de folga, o que não aconteceu”.





Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Em reunião com Edmar, Reinaldo Azambuja se compromete a regularizar promoções de praças



Reunião aconteceu na casa do governador eleito.


A convite do então candidato do PSDB ao Governo do Estado, deputado
 federal Reinaldo Azambuja, o presidente da ACS (Associação dos Cabos e
Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul),
Edmar Soares da Silva, participou de uma reunião na casa do tucano, na
 última semana, em Campo Grande. O encontro serviu para que a entidade
apresentasse a pauta de reivindicações da categoria, que inclui, entre outros,
a regularização das promoções de praças da PM e a instituição da carreira 
única nas corporações militares de MS.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

ACS reitera esforço para convocação de mais aprovados no concurso da PM

Edmar garante que entidade ainda pleiteia aumento das vagas. (Foto: Jeozadaque Garcia)

O presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, esclareceu que a entidade ainda pleiteia a convocação de mais policiais militares do último concurso.
“Como já informado no Ronda, e é de conhecimento geral, o déficit de policiais é muito grande, então não tem cabimento a ACS não pleitear novas vagas. Estamos, sim, insistindo para que o maior número possível de candidatos sejam chamados”, afirmou Edmar.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Confira as propostas de melhorias registradas em cartório pela ACS

Como forma de democratizar e dar transparência às ações da entidade, a ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul) tem percorrido o Estado para colher assinaturas da sociedade em apoio à uma lista de reivindicações dos servidores militares sul-mato-grossenses.O documento, registrado em cartório, contém propostas que vão desde a valorização profissional dos trabalhadores, até a mudanças em legislações da corporação.“Queremos a participação não somente dos associados, mas de todo o segmento da segurança pública e da sociedade sul-mato-grossense. Segurança pública é um problema de todos, e ela começa na valorização do profissional que arrisca sua vida pela vida dos demais”, afirma o presidente da ACS, Edmar Soares da Silva.Entre as propostas, destacam-se a implantação da carreira única, exigência de curso superior para ingresso na PM e nos bombeiros, fixação da carga horária de trabalho, além da implantação do Serviço Extraordinário Remunerado, que, na prática, garantirá o pagamento aos militares durante as escalas-extras (confira abaixo todas as propostas).“São propostas que vão de encontro às necessidades dos servidores. Por isso, queremos a participação de todos. Essas assinaturas serão entregues aos candidatos que queremos o compromisso deles com a tropa, independente de ideologia partidária”, completa Edmar.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa da ACS

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

VÍDEO: Edmar critica vereadora por moção de repúdio apresentada contra PM






Agentes penitenciários e policiais militares lotaram o plenário da câmara de Coxim na noite desta sexta-feira (18) para protestar contra a moção de repúdio apresentada no final do mês passado pela vereadora Lucimeire Elias da Silva Ramos Barbosa (PR), mais conhecida como Lucia da AAVC.

Assim que a vereadora subiu na tribuna, os agentes e os policiais ficaram de costas, durante todo o tempo usado por Lucia. Antes, o presidente da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul, Edmar Soares da Silva, também fez uso da tribuna e repudiou a atitude de Lucia da AAVC.

sábado, 11 de outubro de 2014

ACS disponibiliza Procuração para sócios receberem precatórios; confira

Policiais militares que aguardam o recebimento dos precatórios do atraso salarial durante o governo Wilson Barbosa Martins, em 1997, podem preencher a Procuração Judicial para peticionar o recebimento. O documento deverá ser entregue na sede da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, ou na Regional mais próxima de cada associado.

ACS e MPE discutem propostas para resolver problemas da segurança pública em MS

Encontro reuniu a representante do MPE com os membros da diretoria da ACS. (Foto: Jeozadaque Garcia)

A ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) recebeu, na manhã desta sexta-feira (10), a representante do MPE (Ministério Público Estadual), promotora Cristiane Amaral Cavalcante, visando maior aproximação para troca de experiências, além de discutir propostas para solucionar uma série de problemas da segurança pública no Estado, como a falta de viaturas e de efetivo.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

“Categoria precisa se unir para alcançar seus objetivos”, diz presidente da ACS

Edmar falou aos alunos do Curso de Formação de Soldados da PM. (Foto: Jeozadaque Garcia)

Durante encontro com os alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar, o presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, destacou a importância da união da categoria na busca de melhorias. A reunião aconteceu no CFAP (Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças), em Campo Grande, nesta segunda-feira (6).

sábado, 20 de setembro de 2014

Propostas dos principais candidatos ao governo de MS para segurança publica

Delcídio, Reinaldo e Nelsinho: candidatos lideram a corrida pelo Governo do Estado. (Fotos: Divulgação)

Apontados por recentes pesquisas como os principais candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral (PT), Reinaldo Azambuja (PSDB) e Nelsinho Trad (PMDB) enviaram ao Ronda suas propostas de melhorias para a segurança pública, caso eleitos. Disputam ainda o pleito os candidatos Evander Vendramini (PP), Professor Monje (PSTU) e Professor Sidney Melo (PSOL), mas, juntos, ainda conforme as últimas pesquisas, não somam 5% das intenções de voto. A eleição acontece no próximo dia 5 de outubro.

Produtor rural, Reinaldo Azambuja foi prefeito de Maracaju entre 1997 e 2004. Dois anos mais tarde, elegeu-se deputado estadual com a maior votação até então e, em 2010, tornou-se deputado federal. Em 2012, disputou as eleições para prefeito de Campo Grande, obtendo pouco mais de 113 mil votos.

Médico, Nelson Trad Filho ingressou na vida pública em 1992, ao ser eleito vereador de Campo Grande. Em 2002, elegeu-se deputado estadual e, em 2004, foi eleito prefeito de Campo Grande, cargo que ocupou até o final de 2012. Após deixar a prefeitura, foi nomeado secretário extraordinário de Articulação, Desenvolvimento Regional e dos Municípios.

Já Delcídio do Amaral é engenheiro eletricista. Foi diretor da Eletrosul em 1991 e, em 1994, ocupou a secretaria executiva do Ministério das Minas e Energia, onde permaneceu até setembro. No final do governo Itamar Franco foi ministro de Minas e Energia. Em 2002, foi eleito senador e, em 2010, reeleito.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Matrícula para curso de formação de soldados da Polícia Militar já começou.

Os candidatos aprovados em todas as fases do Concurso Público de Provas para Ingresso no Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar/2013 devem efetuar a matrícula no Curso de Formação a partir de hoje (1° de setembro), no Centro de Ensino e Formação (CEF), que fica na rua Maria Luiza Spengler, 240, bairro Ana Maria do Couto, em Campo Grande.

O edital nº 82/2014, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de 15 de agosto, traz a relação dos aprovados, documentos necessários, data e período em que os candidatos devem se apresentar para efetuar a matrícula.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

PMs sempre serão criticados

Apresentadora foi censurada após pressão de entidades de direitos humanos e parlamentares.

Um vídeo do ano passado da jornalista Rachel Sheherazade, do SBT Brasil, ainda tem repercutido e se mostra bastante atual. Nele, a apresentadora sai em defesa de policiais militares que foram duramente criticados durante as manifestações de julho de 2013 e ainda critica a postura do Estado, omisso durante os protestos.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Viaturas baixadas.



O comandante do CBMMS (Comando dos Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), Ociel Ortiz, informou que as viaturas paradas no pátio de uma mecânica localizada no Jardim Itamaracá, região sul de Campo Grande, não são as mesmas em um período de um mês. Além disso, eles informaram que no local atualmente há 17 veículos parados para conserto.

Após quase três décadas de serviço, 3º sgt PM Frete vai para a reserva e agradece ações da ACS

Na reserva, Frete agradece o presidente da ACS, Edmar Soares da Silva.
Na reservaFrete agradece o presidente da ACS, Edmar Soares da Silva.

O 3º Sgt PM Antônio Carlos Frete, que foi transferido para a reserva remunerada recentemente, visitou, na manhã desta terça-feira, a ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul).

Ele veio agradecer as ações da entidade que beneficiaram centenas de cabos da corporação que, antes de irem para a reserva, conseguiram a tão sonhada promoção.

Segundo o site da PM, Frete, de 49 anos, despediu-se do serviço ativo após 29 anos e seis meses de serviços prestados. Durante a carreira, ele trabalhou em várias unidades da PM, nas cidades de Aquidauana, Nioaque, Jardim e Campo Grande.

O presidente da ACS, Edmar Soares da Silva, agradeceu a cortesia e desejou felicidades ao policial nesta nova fase de sua vida.

terça-feira, 8 de julho de 2014

A Policia pede socorro

Corpo de investigador é retirado de dentro de casa. (Foto: Victor Chileno)

Lamentando dois casos de suicídios de policiais civis nos últimos cinco dias, o sindicato da categoria voltou a cobrar acompanhamento psicológico rotineiro destes servidores. “Hoje, a Segurança Pública só disponibiliza o atendimento quando o próprio policial procura. O que queremos é que haja um acompanhamento psicológico rotineiro de todos os policiais mesmo daqueles que não peçam atendimento”, diz Geancarlo Miranda, diretor jurídico do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol).

O sindicalista afirma que tal reivindicação já foi feita anteriormente, mas que a cúpula da Segurança Pública não tomou providências. Ele cita que hoje existe um déficit de policiais e falta estrutura nas delegacias. “O trabalho é estressante. Há risco de morte todos os dias. Somando isso a situação familiar, chega num ponto que a pessoa não aguenta”, analisa.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Justiça Militar faz audiência de PMs suspeitos de flagrante forjado no Rio

Major Pinto aparece recebendo voz de prisão de uma advogada (Foto: Reprodução/Youtube)
Major Pinto também aparece em um vídeo recebendo voz de prisão de uma advogada (Foto: Reprodução/Youtube)

Os dois policiais já foram ouvidos em audiência anterior.
Na ocasião, os PMs foram afastados das ruas pela corporação.

Justiça Militar realiza nesta quarta-feira (11), a partir das 13h30, audiência de instrução das testemunhas de acusação no processo que apura a denúncia contra dois policiais militares que teriam forjado um flagrante contra um jovem em uma manifestação no Centro do Rio, em 2013. O major Fábio Pinto Gonçalves e o 1º tenente Bruno César Andrade Ferreira respondem por constrangimento ilegal. Os dois já foram ouvidos em audiência anterior.
Na ocasião, os PMs foram afastados das ruas pela corporação depois de supostamente terem colocado um morteiro na mochila de um jovem, que foi detido. Imagens da abordagem foram publicadas pelo jornal “O Globo”.
Os policiais foram interrogados pela juíza Ana Paula Monte Barros no dia 30 de abril. As testemunhas de defesa serão ouvidas em outra sessão, ainda sem data marcada.

Vídeo mostra momento da detenção

As imagens mostram um rapaz de camisa preta correndo e um policial atrás segurando um morteiro. As pessoas em volta pediam calma. Momentos depois, o agente reaparece com o objeto na mão. Em seguida, policiais abordam um grupo que estava com o jovem. Eles são parados e revistados. Uma mulher intervém: “Pede a identificação”. Mas é repreendida: “Tira a mão de mim!”
Os PMs pedem para um dos jovens abrir a mochila. O policial, então, deixa o artefato cair no chão. O jovem é detido, suspeito de estar com explosivos, mas nega as acusações. “Eu não fiz nada!”, argumenta o menor. Mas outro policial afirma: “O senhor está com três morteiros”.
Enquanto o rapaz é encaminhado para a 5ª DP (Mem de Sá), outros jovens do grupo contestam a detenção, gritando várias vezes “Cadê o morteiro?”.
Na ocasião, a Polícia Militar informou que o documento de apreensão dos fogos registra apenas que os mesmos foram encontrados na calçada e “não necessariamente com o jovem”.

Gás de pimenta

O major Pinto é o mesmo que aparece em um vídeo jogando gás de pimenta em professores durante protesto em 30 de setembro de 2013. Nas imagens, ele usa um lançador de gás de pimenta durante um tumulto em frente à Câmara Municipal do Rio.
O policial, lotado no 5º BPM (Praça da Harmonia), aparece também em outra gravação, publicada na internet, recebendo voz de prisão de uma estagiária de direito – segundo o Instituto de Direitos Humanos (IDH) –,  por abuso de autoridade.
Do G1 RIO DE JANEIRO



Assembleia Legislativa de Alagoas aprova Lei de Promoção de Militares


Imagem Ilustrativa
Projeto regulamenta troca de patentes na PM e no Corpo de Bombeiros.
Texto originou sofreu cerca de 30 alterações até ser aprovado.

Os deputados estaduais aprovaram, em sessão realizada na tarde desta terça-feira, 10, na Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas (ALE), o projeto que regulamenta a troca de patentes dentro da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. O texto, remetido pelo Poder Executivo em cumprimento ao acordo realizado com a categoria no início do ano, foi aprovado à unanimidade.

53 detentos de alta periculosidade fogem do presídio em Tobias Barreto




Cinco já foram capturados pela Polícia Militar durante a madrugada.
Segundo a Sejuc, a fuga ocorreu por volta das 3h desta quarta-feira (11).

Na madrugada desta quarta-feira (11), 53 detentos fugiram do presídio Luiz Manoel Barbosa de Souza no município de Tobias Barreto, localizado a 127 Km de Aracaju. Até o momento a Polícia Militar conseguiu capturar cinco fugitivos, de acordo com informações são da Secretaria de Justiça de Sergipe (Sejuc).

Segundo o assessor de comunicação da Sejuc, Marinho Tiba, a polícia já está realizando trabalho de busca dos fugitivos. “Eles podem ser considerados de nível de periculosidade acima do normal”, destaca.

Do G1 SERGIPE



Policial é atingido com a própria arma após ser desarmado por suspeito


Pistola estava no colete do policial (Foto: Leile Ribeiro/TV Guajará)
Tiro acertou a virilha do policial militar de Guajará-Mirim, RO.
Suspeito foi atingido no rosto e será encaminhado para Porto Velho.

Um policial militar de 32 anos foi baleado na manhã desta terça-feira (10) em Guajará-Mirim (RO), distante cerca de 330 quilômetros de Porto Velho, após ser desarmado por um homem de 31 anos. Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito estava em uma rua no Bairro Jardim Esmeraldas e se exaltou com os dois policiais que o abordaram.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Poder de polícia para guardas municipais

CCJ aprova poder de polícia para guardas municipais, matéria agora vai ao plenário
]
O projeto foi aprovado na CCJ do Senado e agora vai ao plenário.

As guardas municipais poderão ter poder de polícia, com a incumbência de proteger tanto o patrimônio como a vida. A medida é prevista em projeto (PLC 39/2014) aprovado nesta quarta-feira (4) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A relatora, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), apresentou relatório favorável à proposição e contrário a quatro emendas apresentadas pelo senador Cidinho Santos (PR-MT).
De autoria do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), o projeto – que agora será votado pelo Plenário do Senado – cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais, regulamentando dispositivo da Constituição (§ 8º, art. 144) que prevê a criação de guardas municipais para a proteção de bens, serviços e instalações.

Fábrica de refrigerantes para quem PM morto carregava malote não falará sobre o crime


A assessoria de imprensa da Funada Refrigerantes informou por telefone que ainda não vai se pronunciar sobre o caso do roubo de um malote da empresa, que acabou com a morte do soldado da Polícia Militar Rony Mayckon Varoni de Moura, de 28 anos, na tarde desta terça-feira (3). O caso está sendo investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos).

sábado, 31 de maio de 2014

Passeata reúne 1.500 pessoas no centro em protesto por mais segurança na Capital


Passeata organizada neste sábado pelo Conselho de Segurança Central pede mais segurança no centro de Campo Grande.

Cerca de 1.500 pessoas percorrem as principais ruas da cidade. O objetivo é despertar a sociedade para maior comprometimento em relação à segurança pública.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Unânimes, associados aprovam uso de parte dos recursos do FAS


Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (14), em Campo Grande, os associados aprovaram, de maneira unânime, o uso de parte dos recursos do FAS (Fundo de Assistência Social) para investimento no clube de campo da sede e no clube social da Regional de Dourados. A aprovação contou ainda com parecer favorável do Conselho Fiscal. Ao todo, serão R$ 40 mil para o clube de campo e outros R$ 30 mil para a Regional de Dourados. Segundo o presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Policia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, é compromisso da atual gestão atender todas as regionais e o fundo não ficará comprometido.

Policiais reclamam da falta de fardas e governo diz que "estão prontas"

O não cumprimento da entrega de 9 mil fardas para os policiais militares de Mato Grosso do Sul, acordado para o dia 30 de setembro deste ano, causou a indignação de muitos soldados e cabos, que utilizaram as redes sociais para publicar fotos de vestimentas e coturnos usados. Um deles, o cabo Aparecido Lima, 45 anos, diretor regional da ACS e BM/MS (Associação de Cabos, Soldados e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), disse estar indignado com o descaso de não receber o uniforme há cinco anos e por isso

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Assomal critica novo adiamento da votação da PEC 300 na Câmara Federal


Para o major Fragoso, a não votação da PEC significa que o governo federal não quer se comprometer com os policiais militares, civis e bombeiros


Presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal), major Wellington Fragoso


A votação da PEC 300, que prevê o piso nacional para os policiais militares, civis e bombeiros, foi novamente adiada pela Câmara Federal nesta última teça-feira (17). A nova data para a votação foi anunciada para o dia 2 de outubro. "Me parece que a pretensão do governo federal é que a votação seja sempre adiada, para que não haja um comprometimento com a segurança pública", opina o presidente da Associação dos Oficiais Militares de Alagoas (Assomal), major Wellington Fragoso.

De acordo com Fragoso, quando o plenário da Câmara Federal foi invadido pelos militares

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Governo teme que PM force paralisação na Copa do Mundo

Este ano, a Copa dos Confederações foi infernal para os políticos e instituições oficiais de uma maneira geral. No ano que vem, ao menos na Bahia, o governo já se preocupa com antecipação com convulsões sociais e, neste universo, a situação pode piorar ainda mais com uma previsão de greve na Polícia Militar exatamente durante a realização da Copa do Mundo.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Sejusp vai pagar mais de R$ 640 mil com cintos de guarnição para tropas em MS

A Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul) gastará R$ 649.950,00 em cintos de guarnição para as tropas do Estado, conforme publicação do Diário Oficial do Estado de terça-feira (10).

A empresa contratada é a Maynards Indústria Tática LTDA ME, com natureza de despesas 333903023, para uniformes, tecidos e aviamentos pelo contrato nº 0060/2013/SEJUSP.

O contrato terá vigência de 12 meses, contados a partir de 5 de setembro de 2013. Assinam pela compra Wantuir Francisco Brasil Jacini e Oscar Francisco Alves Neto. 


Fonte: por Evelin Araujo, Midiamax

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Polícia Militar de Mato Grosso do Sul completa hoje 178 anos



Divulgação





Campo Grande (MS) – A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul celebra, nesta quinta-feira, cinco de setembro, mais um ano de trabalho pela segurança dos moradores da região. A história que começou em 1835 com o Corpo Policial Homens do Mato ganha mais um capítulo em 2013. São investimentos diários na tropa, em equipamentos e em tecnologias para oferecer um serviço de segurança pública com cada vez mais qualidade.

A necessidade da criação de uma força específica para proteger cidadãos e cidadãs e reduzir a criminalidade remonta, na área ocupada pelo Mato Grosso do Sul, ao século XVII e segue até os dias de hoje. Os homens do mato deram lugar à força policial que foi evoluindo até chegar ao modelo atual. 

A divisão do Estado foi um marco para a instituição que passou a se chamar Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Os iniciais um batalhão e quatro companhias independentes deram lugar a 16 batalhões, a seis companhias independentes e a um esquadrão independente responsáveis pela segurança de quase dois milhões de pessoas em todo Estado.

domingo, 1 de setembro de 2013

Poeta amambaiense lança livros em setembro


Residente em Dourados desde 2004, o sociólogo e poeta Rogério Fernandes Lemes lançará dois livros no mês de setembro. As obras são Amambai com Poesia e Cidade Crepúsculo. Nascido em Amambai no dia 13 de maio de 1976, o autor é filho de Valdir dos Santos Lemes e de Izaura Fernandes Lemes. É o primeiro dos cinco filhos do casal.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Dep. Major Fábio (DEM-PB) fala sobre a apreciação da PEC 300 pelo presid...


Da tribuna da Câmara Federal o deputado Major Fábio (DEM-PB) comunicou aos policiais e bombeiros militares de todo o Brasil a realização de uma reunião com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, para discutir a votação em segundo turno da PEC 300, proposta que cria o piso salarial nacional da categoria.
-O presidente desta Casa chamou para si a responsabilidade de manter contato com os governadores e buscar um consenso para a votação do piso nacional dos policiais. Está no programa de Governo da presidenta Dilma o piso nacional; é uma PEC do senador Renan Calheiros, presidente do Senado Federal, discursou o Major Fábio.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Na Assembleia, presidente da ACS reforça alerta: ‘não pensaremos duas vezes em aquartelar’


O presidente da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares da Silva, reforçou, na manhã desta terça-feira (27), o alerta sobre uma possível rejeição da PEC 300 em segundo turno. A proposta, que cria um piso salarial nacional para servidores da segurança pública, aguarda votação desde 2010, quando foi aprovada em primeiro turno.

Governo autoriza concurso para soldado PM









Campo Grande (MS) – O governador do Estado autorizou a realização do concurso público de provas para ingresso no curso de formação de soldados da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. O decreto está publicado no Diário Oficial de hoje (27/8).

Agora cabem à Secretaria de Estado de Administração, à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e à Polícia Militar definir as normas do concurso para publicação do edital.

A expectativa é que o processo seletivo ocorra ainda este ano. A previsão é de que sejam disponibilizadas 500 vagas para soldado PM.










pmms



quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Militares dão prazo, mas admitem ‘medida drástica’ em caso de rejeição da PEC 300

Dois dias após protestarem e ocuparem o plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), policiais militares e bombeiros começam a retornar para seus estados. Na Capital Federal, permanecem apenas os representantes da categoria, que formaram comissões para discutir com o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), uma data para votação da PEC 300, proposta que estabelece um piso salarial nacional para os servidores da segurança pública.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Major Fábio confirma marchas estaduais em defesa da PEC 300


A defesa pela criação do piso nacional salarial para os policias e bombeiros, a chamada PEC 300, foi tema de mais um discurso do deputado federal Major Fábio (DEM-PB) na tribuna da Câmara dos Deputados.

O parlamentar cobrou a promessa de campanha da presidente Dilma Rousseff e comunicou a realização da grande mobilização nacional em Brasília e a organização de vários movimentos estaduais em defesa do piso nacional para a categoria.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

PEC 300: Delcídio garante empenho e vai tentar “composição” com Dilma


Fazendo coro aos deputados federais Marçal Filho e Fábio Trad, ambos do PMDB sul-mato-grossense, o senador Delcídio do Amaral (PT) garantiu, na última quinta-feira (8), que vai tentar uma composição com a presidente Dilma Rousseff (PT) para apressar a tramitação e aprovação da PEC 300 na Câmara dos Deputados. A proposta, que estabelece um piso salarial nacional para os servidores da segurança pública, está parada na Câmara desde 2010, quando foi aprovada em primeiro turno.

sábado, 10 de agosto de 2013

Curso de Formação de Sargentos

Edital disponibilizando 150 novas vagas para o Curso de Formação de Sargentos da PM deverá sair em novembro deste ano



Campo Grande (MS) – As novas vagas para o Curso de Formação de Sargento da Polícia Militar, que foram autorizadas pelo Governador do Estado, serão disponibilizadas para o público interno da Instituição ainda este ano. Foram autorizadas 150 vagas, sendo 90 por antiguidade e 60 por mérito intelectual. O edital para esse novo concurso será publicado tão logo se encerre o certame em andamento, que está na fase de convocação dos candidatos para serem submetidos à Junta de Inspeção e Saúde. A expectativa do Comando da Instituição é que o edital para o preenchimento das 150 novas vagas seja publicado no máximo até novembro deste ano.

sábado, 3 de agosto de 2013

PEC 300: ACS reúne diretores Regionais para definir novas estratégias de mobilização

Os diretores Regionais da ACS (Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) se reuniram, na manhã desta sexta-feira (2), para traçar estratégias de mobilização para o ato em prol da PEC 300 que vai acontecer entre os dias 20 e 21 deste mês, em Brasília (DF).

Segundo Edmar Soares da Silva, presidente da entidade, o momento é oportuno para pressionar a Câmara dos Deputados a colocar novamente em pauta a proposta, emperrada desde 2010, quando foi aprovada em primeiro turno.

“Agora é a hora. O Governo Federal passa por um momento delicado, tendo em vista as manifestações por todo o Brasil, e temos que pressionar para que a proposta seja aprovada”, afirmou.

Mais tarde, às 16h, uma assembleia aberta a todos os servidores da segurança pública será realizada na sede da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) para discutir os tópicos definidos na reunião. A Fetems fica na rua 26 de Agosto, 2296 - Amambaí, em Campo Grande.

Jeozadaque Garcia
Assessoria de Imprensa